Entre Risco e Rabisco

Entre Risco e Rabisco.

Entre risco e rabisco, começo aqui a descrever, descrever o meu eu, minha visão,

tudo ao redor esta calado, calmo, nunca a calmaria foi tão preocupante assim, me sinto frágil.

Como um galho seco inclinado na copa de uma arvore.

Revirando meu baú encontro a solidão, junto no mesmo baú á esperança.

A esperança de um novo amanhecer, a esperança de viver o não vivido.

A esperança de juntos caminharmos outro céu e contemplarmos as estrelas.

ass 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *